Recomendação Salarial


RESOLUÇÃO nº 01/2001

A ABMG, usando das prerrogativas que lhe confere o Estatuo e considerando: Ser o Bibliotecário profissional de nível superior. Ser necessário orientar os profissionais Bibliotecários e seus empregadores.
Resolve
Art. 1 – Estabelecer a seguinte recomendação salarial mínima aos bibliotecários em exercício no Estado de Minas Gerais:

a) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais: 10 salários mínimos.
b) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 30 horas semanais: 8 salários mínimos.
c) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 20 horas semanais: 6 salários mínimos.
d) Coordenação de biblioteca/Centro de documentação:13 salários mínimos.
e) Direção de Biblioteca/Centro de documentação: 15 salários mínimos.

Art.2 – Outras Atividades:

a) Consultoria e assessoria: (diagnóstico, projeto, organização, implantação, manutenção ou automação): Hora técnica de 25% do salário mínimo.
b) Treinamento/Cursos de Aperfeiçoamento: Hora Técnica de 25% do salário mínimo.
c) Levantamento bibliográfico: Hora Técnica de 25% do salário mínimo.
d) Catalogação e classificação(cada obra): 15% do salário mínimo.
e) Normalização Bibliográfica(cada 10 referências : 10% do salário mínimo.
f) Normalização de documentos: Hora Técnica de 25% do salário mínimo

Art. 3 – Os honorários deverão ser sempre realizados mediante contrato, assinado por ambas as partes, lavrado em cartório e o profissional deverá estar inscrito no CRB do seu estado.

Art. 4 – Os valores desta Tabela são sugestões de preço mínimo. Assim sendo, é de inteira responsabilidade de cada Bibliotecário a avaliação do trabalho a ser desenvolvido e a forma de negociação com o cliente levando-se em conta seu nível de experiência profissional.